O Facebook e os dados „roubados“ pela Cambridge Analytica

Mais uma história de virgens de perna aberta num bordel. E como gente mauzona „manipulou os seus sentimentos“ e abusou da sua inocência.

 Haja pachorra!

Anúncios