Para desopilar do jornalismo „isabel-monteiro“

Uma menina muito querida entra numa loja de animais.

– „Queria um coelhinho!“ – diz, sorrindo, para o dono da loja.

O comerciante:

– „Ó meu amor, tenho aqui este, muito bonito, castanhinho, de olhos grandes e doces; e tenho este, branquinho, pêlo muito macio, uma ternurinha.“

 A pequena:

– „Não sei, mas para a minha pitón deve ser igual.“