O „desconforto“ com a Justiça em Portugal

O sentimento de „desconforto“ geral e abstracto com a Justiça em Portugal resulta ex negativo dos casos objectivos, concretos e individuais de corrupção e crime, deficiente e insuficientemente tratados pelos tribunais. A verdade do „desconforto“ com a Justiça está na observação do conforto do crime impune.

Juízes e membros do Ministério Público sentem „desconforto“ em interrogar, acusar e condenar capitães da grande finança apesar de provas sobejas do seu envolvimento activo em casos de corrupção, fugas ao fisco e outros delitos. O mesmo „desconforto“ alarga-se aos membros da classe política, ocupantes de altos cargos, onde os representantes da Justiça muitas vezes nem sabem como os hão-de tratar. A comunicação social, vital e „(des)confortavelmente“ comprometida com os interesses financeiros e políticos instalados, faz acrobaticamente o (im)possível para informar, baralhar e confundir.

A intocabilidade da notabilidade delituosa gera „desconforto“ social. Os notáveis intocáveis palestram pelas televisões, arrotam confortáveis postas de pescada do alto dos púlpitos e dos palcos, dão confortáveis entrevistas, apresentam livros confortáveis e dão confortáveis sessões de assinaturas. A Justiça assiste impotente à sua passagem de garimpa levantada sob o seu nariz. A dignidade social só pode ver com „desconforto“ toda esta intocabilidade da notabilidade indigna.

A Justiça em Portugal é uma arma descarregada. Intimida, mas, em situação de emergência e necessidade, não defende. Aqui reside o „desconforto“. O „desconforto“ da consciência da vulnerabilidade.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s