Nem „milagre“ nem „passe de mágica“

A direita e a sua arraia grada prefere a superstição, a oração e a especulação. A esquerda, essa, dá mais valor à experiência, ao conhecimento e à ciência. Ora isso deixa a direita muitas vezes incrédula, estupefacta e fula. Por estas e por outras é que melhorar a vida do mundo e dos seus habitantes sempre foi desígnio e apanágio da esquerda. Mas para que a direita entenda, e porque também não se deve perder de todo a esperança de que algo aprenda, convém sempre sublinhar que em todos os sucessos do conhecimento e da ciência não há „milagre“ nem „passe de mágica“. Há estudo e trabalho. Seja nos défices financeiros, seja nos transplantes cardíacos.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s