Trump, o patrão daquilo tudo

Trump vem do mundo autocrático das suas empresas e está convencido que os seus poderes foram confirmados e alargados, sendo agora dono dos EUA. Os decretos que assina, cercado pelo seu crew de fiéis (o estilo lembra a Coreia do Norte), seriam ordens para executar pelos seus capatazes no Congresso, Senado, Tribunais, Polícia, Exército, Serviços Secretos e por aí abaixo.

Alguns juízes nos Tribunais acham que não é bem assim. Não o vêem como dono do país e muito menos como seu chefe. Se os decretos são para cumprir têm de respeitar princípios, regras, trâmites, materiais e formais. Bem, os juízes não querem assinar de cruz e muito menos violar leis fundamentais que foi o que eles juraram cumprir. 

O espectáculo é triste e tem laivos de grande farsa mas não andaram os outros presidentes durante dezenas de anos a ensaiar e a aplanar caminho para este Finale Furioso?

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s